22° Parcialmente nublado

A Rede Social é um fórum de articulação e congregação de esforços, de âmbito concelhio, que tem por objetivo a dinamização de ações integradas e articuladas numa lógica de compromisso coletivo.

Funciona como um espaço privilegiado de diálogo e análise dos problemas sociais, visando a erradicação ou atenuação da pobreza e da exclusão social através da promoção do desenvolvimento social local.

Este programa foi criado através da Resolução do Conselho de Ministros de 18 de novembro de 1997, regulamentado pelo Decreto-Lei n.º 115/2006, de 14 de junho.

Objetivos gerais da Rede Social de Setúbal:

  • Dinamizar ações integradas e articuladas numa lógica de compromisso coletivo
  • Constituir um espaço de diálogo e análise dos problemas sociais
  • Promover o desenvolvimento social integrado
  • Promover a inclusão e coesão social no território

Por via da Rede Social concelhia têm sido feitos documentos de diagnóstico e de planeamento, tais como o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social, planos de ação anuais, emitidos pareceres com base em instrumentos aprovados,

A Rede Social, criada no ano 2000, é responsável pela dinamização do CLASS – Conselho Local de Ação Social de Setúbal, bem como do respetivo Núcleo Executivo e grupos de trabalho temáticos, mas também pela emissão de pareceres com base em instrumentos aprovados e da elaboração de documentos de diagnóstico e planeamento, nomeadamente do Diagnóstico Social, do Plano de Desenvolvimento Social e de planos de ação anuais.

A Câmara Municipal de Setúbal preside ao Conselho Local de Ação Social de Setúbal, órgão plenário de caráter deliberativo e que é composto por 73 entidades públicas e privadas, pertencentes à Rede Social de Setúbal.

Plano de Desenvolvimento Social de Setúbal
Diagnóstico Social de Setúbal (2013)
 

Documentos Relacionados