19° Nublado
V Conferência Anual de Educação de Setúbal - 2019

A VI Conferência Anual de Educação, destinada à reflexão de estratégias para o setor do Ensino, em particular de ações para o concelho de Setúbal, realiza-se no dia 9 e tem transmissão em direto na internet, via YouTube.


“A cidade como espaço de aprendizagem ao longo da vida” é o tema da sexta edição do evento, que decorre no Fórum Municipal Luísa Todi e pode ser acompanhado, igualmente, em direto, a partir de dispositivos com ligação à internet.

O atual contexto pandémico implica condições de segurança e higiene sanitárias específicas de organização, pelo que a lotação da sala foi reduzida para a realização do encontro.

Esta medida de prevenção levou a Câmara Municipal a decidir transmitir a VI Conferência Anual de Educação via streaming direto a partir do Fórum Luísa Todi, transmissão disponibilizada no canal oficinal do município no YouTube.

O evento, com uma lotação física máxima de 260 participantes, tem lugares reservados de acordo com as normas de segurança da Direção-Geral da Saúde no âmbito da pandemia de Covid-19.

O programa da conferência tem início às 10h00, com a sessão de abertura, que conta com o contributo da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, e do secretário executivo da Comissão Nacional da UNESCO, Sérgio Gorjão.

Segue-se, às 11h00, uma mesa redonda subordinada ao tema “A cidade como espaço de aprendizagem ao longo da vida”, moderada por Tiago Pereira, psicólogo e coordenador do Gabinete de Crise Covid-19 da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Este painel tem as intervenções de Luiz Oosterbeek, coordenador do projeto da Cidade de Aprendizagem de Mação e da Cátedra UNESCO “Humanidades e Gestão Cultural Integrado do Território”, e de Ana Luísa Pires, professora da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal.

A VI Conferência Anual de Educação prossegue às 14h30 com “Caminhos que se trilham”, que consiste na apresentação de experiências e projetos de âmbito local pensados para a área da Educação.

Este momento, moderado por Maria Clara Félix, diretora do Agrupamento de Escolas de Azeitão, começa com a apresentação de Oficinas Colaborativas, projeto da Câmara Municipal de Setúbal que consiste em espaços de aprendizagem coletiva nos bairros dos Pescadores e Grito do Povo.

Segue-se uma intervenção da responsabilidade de Carlos Mata e Susana Piçarra, do Instituto Politécnico de Setúbal, que abordam o tema “Politécnico de Setúbal: Ensino Superior de e para a Região”.

Em destaque estão ainda o projeto “Guardiãs do Mar: novas profissões que valorizam a sabedoria”, da Ocean Alive, apresentado por Raquel Gaspar e pelas Guardiãs do Mar, e a experiência “Escolas de segunda oportunidade”, numa alocução de Luís Mesquita, diretor da Escola de Segunda Oportunidade de Matosinhos.

Os projetos a apresentar foram selecionados por uma Comissão Científica, constituída por Ana Costa, Ângela Cremon de Lemos e Gina Lemos, profissionais a exercer funções no Instituto Politécnico de Setúbal.

A sessão de encerramento da VI Conferência Anual de Educação está agendada para as 17h00, com as intervenções do vereador do pelouro da Educação da autarquia, Ricardo Oliveira, e de Carla Cibele Figueiredo, professora da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal.