18° Parcialmente nublado
Círio Fluvial - Festas de Nossa Senhora do Rosário de Troia - 2019

Setúbal é finalista regional do concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular, que visa evidenciar o património cultural material e imaterial de Portugal, com três nomeações entre as sete finalistas do distrito de Setúbal.


O Chapéu do Descarregador de Peixe, na categoria Artefactos, o Círio de Nossa Senhora de Troia, em Procissões e Romarias, e a Lenda de Nossa Senhora da Arrábida, em Lendas e Mitos, foram escolhidos pelo painel de especialistas do concurso para figurar entre os 140 finalistas regionais da edição 2020 das 7 Maravilhas, dedicada à Cultura Popular.

Os 140 finalistas, apresentados no dia 7 num programa televisivo transmitido em direto na RTP1, resultam de uma seleção entre 504 candidaturas avaliadas por um painel de especialistas composto por sete elementos de cada um dos 18 distritos de Portugal Continental e das regiões autónomas.

Para cada uma das regiões foram escolhidos sete patrimónios que vão ser apresentados para votação pelo público em vinte programas transmitidos em direto pela RTP1 a partir de 6 de julho.

Nestes programas são diretamente apurados os 20 vencedores, através do maior número de votos populares, numa gala final a decorrer em setembro.

Com a participação nas 7 Maravilhas da Cultura Popular, a autarquia pretende promover e valorizar as tradições culturais e populares do concelho, com a candidatura de quatro patrimónios que unem os setubalenses há vários séculos.

Setúbal tem marcado presença nas várias edições do certame. O Portinho da Arrábida foi um dos vencedores das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, em 2010, e a sardinha assada foi eleita uma das 7 Maravilhas da Gastronomia, em 2011.

 

Documentos Relacionados