O presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, reiterou no dia 26, nas comemorações dos 143 anos da Sociedade Filarmónica Providência, de Vila Fresca de Azeitão, a disponibilidade da autarquia em continuar a apoiar a instituição.


“Esta é uma das três coletividades centenárias do nosso concelho. Apesar dos tempos difíceis atuais, a Câmara Municipal continuará a ser parceira e a dar apoio à instituição”, sublinhou André Martins na sessão comemorativa, realizada a 26 de novembro, data que a Sociedade Filarmónica Providência completou 143 anos.

O autarca salientou que, no ano passado, a Câmara Municipal aprovou uma bolsa de apoio no valor de 400 mil euros, destinada a atenuar os efeitos da crise económica nas coletividades. “É preciso que haja quem possa dar uma ajuda para que o movimento associativo consiga sobreviver”, apontou.

Já a presidente da Junta de Freguesia de Azeitão, Sónia Paulo, garantiu também o apoio da autarquia à coletividade e enalteceu o trabalho desenvolvido pela direção e o contributo dado pelos sócios e amigos nas dinâmicas da instituição.

Além das habituais cerimónias protocolares, com o hastear da bandeira e a sessão solene, o programa comemorativo dos 143 anos da Sociedade Filarmónica Providência contou com um concerto pela Banda da Sociedade Filarmónica Providência, dirigida pelo maestro Cristiano Vieira Dias, com vozes de Ivone Dias e Carlos Zacarias e declamação de Adérito Gouveia.