24° Céu limpo

O atleta luso-cubano Pedro Pichardo, que faz todo o treino e preparação no Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal, regressou no dia 9 à competição com uma vitória no triplo salto na Liga Diamante.


O triplista luso-cubano derrotou, com a marca de 17,40 metros, os norte-americanos Christian Taylor, campeão olímpico e mundial, e Omar Craddock na prova de triplo salto do Meeting de Zurique, este ano designado de Inspiration Games e realizado num formato inovador, com atletas a competir em vários pontos do mundo.

Pedro Pichardo, que competiu no Estádio Universitário, em Lisboa, alcançou a melhor marca da prova na segunda tentativa, com Christian Taylor e Omar Craddock, em competição nos Estados Unidos da América, respetivamente a partir das pistas de Bradenton, na Califórnia, e de Walnut, Flórida, a ficarem no segundo e terceiro lugares.

O atleta natural de Santiago de Cuba, que em Portugal representa o Sport Lisboa e Benfica, escolheu o Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal como quartel-general dos treinos e preparação das diversas provas nacionais e internacionais nas quais participa regularmente, dadas as condições ímpares da infraestrutura desportiva.

Na prova realizada no dia 9 no Estádio Universitário, Pedro Pichardo contou com o apoio da amiga e atleta colombiana Caterina Ibargüen, vencedora de diversos campeonatos do mundo e medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, que desde março está também a treinar no Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal.

Pedro Pichardo, um dos únicos cinco triplistas que conseguiram ultrapassar a marca dos 18 metros em competição, tem no currículo vários pódios em campeonatos do mundo. Em 2019, na prova da Liga Diamante realizada em Roma, Itália, alcançou uma marca que lhe garante pela primeira vez um lugar nos Jogos Olímpicos