A vaga de tempo frio que está a afetar todo o território continental, incluindo Setúbal, com previsão de manutenção nos próximos dias, motiva a adoção de medidas especiais de autoproteção por parte da população.


Em virtude deste quadro meteorológico, o qual prevê para Setúbal temperaturas mínimas negativas, a Proteção Civil aponta a necessidade de a população, em particular grupos mais vulneráveis como crianças e idosos, estar atenta às indicações das autoridades competentes e de seguir as recomendações definidas em caso de vagas de frio.

A utilização de vestuário e calçado adequados, com a opção de várias peças de roupa em vez de uma única de tecido grosso, é uma das recomendações. O uso de chapéu ou gorro e de luvas também é aconselhado.

A roupa deve ser mantida seca para se impedir perdas de calor, devendo evitar-se a utilização de vestuário demasiado justo ao corpo ou que faça transpirar.

Nas habitações, há medidas que devem ser tomadas, como vedar-se portas e janelas por onde o ar frio possa entrar.

O acendimento de lareiras exige cuidados especiais, uma vez que, em locais fechados e sem renovação de ar, a combustão pode originar produção de monóxido de carbono, um gás mortal. O mesmo em relação a aquecedores, devido ao risco de acidentes domésticos.

Especial atenção para a possibilidade de formação de gelo nos vidros de viaturas estacionadas no exterior. Nestes casos, o gelo deve ser raspado com recurso, por exemplo, a um cartão de plástico, ou utilizada água, a qual deve estar à temperatura ambiente.

Outra das possibilidades para a remoção de gelo é a preparação de uma solução conjunta de água e vinagre, na proporção de uma parte de vinagre para três de água, a qual deve ser borrifada nos vidros das viaturas.

O Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal alerta que as atividades físicas intensas são perigosas. O frio, ao afetar a circulação sanguínea, obriga o coração a um esforço maior, o que pode mesmo conduzir a um ataque cardíaco.

É, no entanto, aconselhável fazer exercícios físicos ligeiros com os braços, as pernas e os dedos para manter uma boa circulação sanguínea.

Em caso de dúvida, deve ser contactado o Centro Municipal de Operações de Socorro, pela aplicação “Setúbal SOS” ou pelo Número Municipal de Emergência – 800 212 216.