Arquivo Municipal | Documento do Mês
Com uma base de dados com cerca de 13 mil imagens documentais, o Arquivo Municipal de Setúbal partilha com o público, todos os meses, documentos que marcam a história, as vivências, as memórias que constroem a identidade do concelho.
Através da partilha do acervo do Arquivo Municipal, revela-se o dia a dia que construiu e continua a construir o código genético de Setúbal.

Santos Populares

Documento do Mês | Santos Populares
Documento do Mês | Santos Populares

A partir das atas das reuniões de câmara, documentos essenciais enquanto fontes primárias de informação sobre a história local ao longo dos tempos, damos nota da realização de festividades de celebração dos Santos Populares há várias décadas

Na ata da reunião da Câmara Municipal de Setúbal de 8 de junho de 1950, com o código de referência PT/AMSTB/CMSTB/B-A/001/0001, é possível ler-se que, no âmbito das festas populares de Santo António, foi deferido um requerimento apresentado por um cidadão para autorização de realização de um arraial na Aldeia de Oleiros, Azeitão, sob o lema das festas de Santo António.

Do mesmo modo, foi igualmente apreciado, naquela reunião camarária, um requerimento da Sociedade Filarmónica Previdência, de Vila Fresca de Azeitão, pedindo autorização para fazer um arraial no jardim público daquela povoação nos dias das festas populares.

Ambos os pedidos foram aprovados na mesma reunião pública. Isto dá conta da mudança administrativa que houve em relação à atualidade, já que, hoje em dia, estes requerimentos não têm de ser apreciados e aprovados em reunião pública, mantendo-se, porém, a obrigatoriedade de se informar devidamente a edilidade, mas também as forças de segurança, muito à semelhança do que acontece quando se pretende realizar um qualquer evento público.

Esta ata, bem como muitas outras, são documentos do extenso espólio do Arquivo Municipal de Setúbal, numa oferta sempre em crescimento e que pode ser consultada online.

Neste sítio, e sobre este tema específico, é possível ainda aceder e visualizar-se as fotografias ilustrativas das festas dos Santos Populares pela lente de Américo Ribeiro, que nos mostra estas celebrações no ano de 1949 nos bairros e ruas mais icónicos de Setúbal, devidamente engalanados, mostrando-se as gentes e os costumes por ocasião da realização das Festas de São João.