Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares prestou declarações na Assembleia da República que não correspondem à verdade

A Câmara Municipal de Setúbal, apesar de ter o dever de, enquanto decorrem as investigações ao acolhimento de refugiados ucranianos pelos seus serviços, manter a mais estrita reserva sobre o que foram os seus procedimentos, não pode deixar de manifestar a sua perplexidade e indignação perante declarações da senhora Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares e eleita na Assembleia Municipal de Setúbal, Dra. Ana Catarina Mendes, na Assembleia da República no dia 10 de maio, declarações que, desde já, desmente formalmente por não corresponderem à verdade.