23° Parcialmente nublado
Novo Círio de Nossa Senhora da Arrábida | Foto: União das Freguesias de Setúbal

Um círio marítimo de barcos engalanados é um dos pontos altos do Novo Círio de Nossa Senhora da Arrábida, tradição popular da comunidade piscatória setubalense a decorrer até dia 14.


O certame, organizado por uma comissão de festas, com diversos apoios, incluindo a Câmara Municipal de Setúbal e a União das Freguesias de Setúbal, recuperou nos últimos anos os círios marítimos de barcos de pesca engalanados que marcavam as festividades.

Com o rio Sado e a Serra da Arrábida a servir de cenário, o círio marítimo, um dos pontos altos da programação de festas, realiza-se no dia 14, após concentração das embarcações, às 08h00, na Doca dos Pescadores e com trajeto definido até ao Portinho da Arrábida.

O desfile fluvial tem passagens pelo Nicho de Nossa Senhora do Cais e pelo Hospital do Outão. Os marítimos interessados em participar na procissão de embarcações devem inscrever-se na União das Freguesias de Setúbal, através do número de telefone 265 546 414.

A par do círio, alguns festeiros concentram-se junto do Largo da Palmeira, na Fonte Nova, às 09h00, para seguirem de autocarro para o Convento da Arrábida, onde se realiza uma romagem penitencial à Ermida do Sr. dos Aflitos, seguida de missa, às 12h00, procissão e almoço-convívio.

O grande cortejo marítimo de barcos engalanados de regresso a Setúbal, com a imagem de Nossa Senhora da Arrábida, está previsto para as 16h30, a partir do Portinho da Arrábida, com destino à Doca dos Pescadores. As festividades terminam com uma procissão até à Igreja da Anunciada.

Antes, a programação das festas reserva, até dia 11, um tríduo em honra de Nossa Senhora da Arrábida, com missa e recitação de Ofício de Véspera na Igreja da Anunciada.

No dia 12, a partir das 18h30, decorre na mesma igreja uma missa de sufrágio pelos sócios falecidos.

A 13, igualmente na Igreja da Anunciada, tem início um cortejo automóvel com a imagem de Nossa Senhora da Arrábida até ao Convento da Arrábida, no qual se realiza um almoço e a recitação do terço.

As Festas do Novo Círio Marítimo de Nossa Senhora da Arrábida contam com o apoio do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Fundação Oriente, da PSP, da GNR, da Casa Ermelinda Freitas, da José Maria da Fonseca e da Pastelaria Abrantes.