18° Muito nublado
Susana Martins | Fado

A fadista Susana Martins leva a canção da saudade ao território da União das Freguesias de Setúbal na noite de 27, naquele que é o segundo espetáculo do ciclo Fado em Setúbal – Porta a Porta.


Este apontamento musical, com início às 21h00, integra o projeto da Câmara Municipal de Setúbal que, em tempo de crise sanitária motivada pela pandemia da Covid-19, constitui uma alternativa para que as pessoas possam usufruir, cumprindo as regras de distanciamento social, de pequenos momentos de lazer.

O ciclo de espetáculos itinerantes ao ar livre, que aproxima a cultura dos munícipes, em particular população sénior, mais afetada pela situação de confinamento, é também uma forma de continuar a apoiar os artistas locais, muito penalizados em virtude da crise pandémica

Maria Caetano abriu, no dia 20, na freguesia do Sado, o programa do Fado em Setúbal – Porta a Porta, seguindo-se agora, no último sábado de junho, a atuação de Susana Martins.

Em julho, há atuações de Maria do Céu Freitas, a 11, na freguesia de Azeitão, de Joana Lança, a 18, em Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, e de Carla Lança, a 25, na freguesia de São Sebastião.

Este novo formato do programa Fado em Setúbal prossegue em agosto, logo no dia 1, com Sara Margarida a dar música aos residentes da União das Freguesias de Setúbal.

Há ainda apontamentos musicais com Nuno Rocha, a 8, na freguesia do Sado, com Carlos Zacarias, a 15, em Azeitão, com Deolinda de Jesus, a 22, no território de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, e com Inês Pereira, a 29, novamente em São Sebastião.

O Fado em Setúbal – Porta a Porta está integrado no programa municipal Setúbal em Casa com Arte, com um conjunto de iniciativas culturais especialmente pensadas para o tempo de crise sanitária provocada pela pandemia de Covid-19.