17° Nublado
Estudo Acompanhado NBNC

O I Convívio dos Voluntários do Projeto “Estudo Acompanhado”, realizado a 8 de fevereiro, no Espaço Nosso Bairro, Nossa Cidade, da Bela Vista, reuniu voluntários, moradores, pais, encarregados de educação e várias entidades parceiras, para debater ideias e refletir sobre o futuro do projeto, apontando problemas e eventuais soluções.


O encontro, no qual marcaram presença o presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, o vereador da Câmara Municipal de Setúbal, Carlos Rabaçal, e representantes de outros parceiros do projeto, tais como o Instituto Politécnico de Setúbal, o Instituto das Comunidades Educativas, o Agrupamento de Escolas da Ordem de Sant’Iago e a UNISETI, constituiu um grande momento de reflexão e de debate, em torno do voluntariado, dos apoios às famílias, da relação entre as famílias e as escolas, assim como da valorização da educação na sociedade.

O projeto voluntário Estudo Acompanhado teve início em 2017, como resposta a uma necessidade demonstrada pelos moradores dos bairros abrangidos pelo programa municipal “Nosso Bairro, Nossa Cidade”, e tem permitido apoiar e orientar dezenas de crianças, com o objetivo de melhorar o seu sucesso escolar.

Durante a iniciativa, que incluiu a apresentação do livro “Onde o teu nome estiver escrito”, de João Firmino, e um almoço-convívio, o presidente da Junta de São Sebastião, Nuno Costa, valorizou e agradeceu o trabalho dos voluntários e dos parceiros que ajudam a que este projeto seja uma realidade, considerando que o mesmo se insere num espírito de cidadania ativa, indo ao encontro dos objetivos que norteiam a atuação da autarquia, no que se refere à criação de uma sociedade mais justa, fraterna e inclusiva.

Implementado atualmente nos bairros da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Manteigadas e Quinta de Santo António, o projeto tem uma média de 33 crianças e jovens a frequentar as sessões de apoio ao estudo e conta com 35 moradores voluntários e ainda 39 voluntários externos ao programa, que se vão alternando, conforme a disponibilidade de cada um, de forma a assegurar que haja pelo menos um tutor disponível durante o horário estipulado para o apoio, em cada Espaço Nosso Bairro, Nossa Cidade.

O Estudo Acompanhado”conta já com uma comissão de acompanhamento, composta por moradores eleitos pelos seus pares, que está a aprofundar a relação de trabalho com o Agrupamento de Escolas Ordem de Sant’Iago, um dos parceiros essenciais para o sucesso da iniciativa.

Os cursos de alfabetização de adultos é outra das vertentes deste projeto. Estas aulas contam com cerca de seis participantes por sessão, disponíveis nos espaços da Bela Vista, da Quinta de Santo António e Manteigadas. Embora se considere que existem muito mais pessoas a precisar deste apoio, os responsáveis pelo projeto acreditam que a vergonha pode impedi-las de se inscreverem e incitam-nas a perder o medo e a transformar as suas vidas para melhor.

Já nas oficinas de informática, a funcionar também na Bela Vista e na Quinta de Santo António, os moradores têm-se mostrado bastante interessados e motivados, contribuindo para o sucesso desta atividade que iniciou em 2019.