14° Muito nublado

Os municípios que integram a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, incluindo Setúbal, estão a recolher informação, através de um inquérito online, para avaliar a saúde e o bem-estar da população.


O projeto, designado Atlas de Saúde dos Municípios Saudáveis, está a ser desenvolvido e coordenado por uma equipa de investigação do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Coimbra, em articulação com a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis.

Além de caracterizar o estado da saúde e o bem-estar da população residente nos municípios que integram a Rede de Municípios Saudáveis, o projeto tem como objetivo apoiar a definição de políticas e estratégias municipais de promoção da saúde e de estilos de vida saudáveis.

A par da recolha e análise de indicadores estatísticos, está a ser desenvolvido um inquérito à população residente para identificar problemas, necessidades e expectativas em relação às condições do lugar de residência e à forma como estas influenciam o bem-estar e a qualidade de vida.

Tendo em conta o atual contexto de Covid-19, este inquérito integra ainda questões relacionadas com a doença, tais como o impacte do estado de emergência e do isolamento social na vida dos munícipes e a resposta local à crise provocada pela pandemia.

O inquérito está disponível online e destina-se a todos os munícipes que tenham idade igual ou superior a 15 anos.

Constituída em 1997, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis tem como objetivo apoiar a divulgação, implementação e desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis nas autarquias que pretendam assumir a promoção da saúde como uma prioridade na agenda dos decisores políticos.