21° Nublado

“Setúbal é um Tesouro”, com música de Carlos Pinto e texto de José Condeça, foi eleita a Grande Marcha de Setúbal para 2020, a interpretar pelas coletividades participantes nos desfiles, que este ano, decorrem excecionalmente em setembro devido ao coronavírus.

Os vencedores, com direito a um prémio de 2500 euros, foram escolhidos em decisão tomada a 9 de abril pelo júri do concurso promovido anualmente pela autarquia, composto pelas fadistas Piedade Fernandes, presidente, e Inês Duarte e pelo maestro Raul Avelãs.

A canção “Setúbal é um Tesouro” será interpretada por todas as coletividades no certame, adiado para setembro.

Clube Recreativo da Palhavã, Grupo Desportivo Independente, Núcleo Bicross de Setúbal, Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, União Cultural, Desportiva e Recreativa Praiense e União Desportiva e Recreativa das Pontes são as seis coletividades participantes.

Recorde-se que o evento, que deveria realizar-se em junho por altura dos santos populares com desfiles na Avenida Luísa Todi e na Praça de Touros Carlos Relvas, foi remarcado para setembro, passando a integrar a programação das Comemorações Bocagianas.

No final de maio, realiza-se uma nova avaliação sobre a avaliação do certame, tendo em conta as informações disponíveis nessa altura sobre a evolução da pandemia de Covid-19.

Grande Marcha de Setúbal 2020
“Setúbal é um Tesouro”

Refrão

Teu fado é o Sado
Amante encantado

Por tanta beleza.
Cidade capricho
Verdadeira joia
Da Mãe Natureza.

Teu fado cantado
Num verso dourado
De Sebastião.

Faz de ti Setúbal
Maria Varina
Mãe, fado, canção.