21° Muito nublado
Setúbal Triathlon 2019

Os atletas João Ferreira e Ana Filipa Santos repetiram o sucesso no Setúbal Triathlon ao vencerem, no dia 14, a terceira edição da prova de triatlo longo, com segmentos de natação, ciclismo e corrida, que juntou oito centenas de participantes.


João Ferreira, triatleta do Estoril Praia Credibom, que ganhara igualmente a edição de 2018 da prova organizada pela Câmara Municipal de Setúbal e pela HMS Sports, composta por 1,9 quilómetros de natação, 90 de ciclismo e 21,1 de corrida, ganhou com o tempo de 04h17m39s.

O vencedor não deu hipóteses à concorrência direta e terminou a competição com quase menos seis minutos do que o segundo classificado, o triatleta Márcio Neves, do Peniche Amigos Clube, com o tempo de 04h23m29s. Em terceiro ficou o espanhol Carlos Aznar Gallego, do Diablillos de Rivas, com 04h26m09s.

Nas mulheres, a vitória sorriu a Ana Filipa Santos, que venceu o Setúbal Triathlon pelo segundo ano consecutivo, desta vez com o tempo de 04h51m55s. Nesta edição, a triatleta do Rio Maior Triatlo Clube melhorou o registo na competição em quase dois minutos, face aos 04h53m54s de 2018.

Ana Filipa Santos não deu qualquer hipótese à concorrência. Liliana Veríssimo, triatleta do Núcleo do Sporting da Golegã, com 05h14m52s, ficou em segundo lugar, a praticamente 23 minutos da vencedora, enquanto Susana Mateus, do Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores da Repsol Polímeros, com 05h36m02s, completou o pódio feminino.

O Setúbal Triathlon 2019 premiou também, nesta edição, a melhor equipa em competição, resultado do somatório dos tempos dos cinco primeiros atletas, independentemente do género, com o Estoril Praia Credibom a subir ao lugar mais alto do pódio. No segundo e no terceiro postos ficaram, respetivamente, o Outsystems Clube Olímpico de Oeiras e o Núcleo do Sporting da Golegã.

O diretor-geral da HMS Sports, Hugo Sousa, fez um balanço positivo do evento, que começou no areal da Praia da Saúde, junto do Parque Urbano de Albarquel, com a prova de natação, e terminou no Largo José Afonso, com a corrida, depois do segmento de ciclismo.

“A terceira edição contou com 800 inscritos, dos quais 706 de nacionalidade portuguesa e 593 federados. Não imaginava estes números quando comecei a idealizar o evento, mas estou muito orgulhoso com o crescimento da prova e com o feedback que recebi dos participantes.”

O responsável apontou as inovações implementadas nesta edição, como a partida por “rolling start” e o “live results”, como mais-valias para a melhoria da experiência de competição para os participantes, e reforçou “o apoio incondicional da Câmara Municipal de Setúbal” na organização e sucesso do evento.

O vereador com o pelouro do Desporto na Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, enalteceu a importância da prova de triatlo longo, a qual materializa “o reconhecimento de Setúbal como cidade desportiva e com condições de excelência não apenas para a atividade física mas também como espaço de lazer”.

Para o autarca, é um orgulho “ver o público a vibrar, a apoiar os participantes e a encher as ruas da cidade” para assistir a uma prova que tem vindo a afirmar-se como uma referência. “O crescimento que tem registado desde a edição inaugural é inegável e estamos já a pensar no próximo ano.

Paralelamente à competição, o Setúbal Triathlon 2019 disponibilizou ao longo do dia, no Largo José Afonso, na Avenida Luísa Todi, zona na qual esteve instalada a meta, um conjunto de iniciativas para o público, como animação musical, atividades desportivas e uma zona de venda de artigos desportivos.