23° Muito nublado
Campanha Sinais do Coração - coração gigante

Um coração gigante, na forma anatómica, chegou na manhã de dia 12 à Baixa de Setúbal, numa ação de sensibilização sobre a insuficiência cardíaca, dinamizada pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia.


A peça é feita de esferovite e revestida a fibra de vidro, tem um metro e meio de comprimento e pesa perto de oitenta quilos. O coração, instalado na Praça de Bocage, representa os portugueses que sofrem de insuficiência cardíaca, promovendo a informação entre a população, de modo a estimular o diagnóstico da doença.

Não desconfiou da sensação de fadiga e ficou subitamente a meio da viagem? Preste atenção ao seu coração e reconheça os sinais. O alerta deixado pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia pretende sensibilizar a população para o flagelo da insuficiência cardíaca, comparando o coração humano a um veículo.

“Quando aparece um sinal luminoso no painel de bordo do carro, ninguém liga. Com o coração é a mesma coisa”, advertiu um dos promotores da campanha.

O relógio marcava as 09h00 quando a estrutura composta por um coração, na sua forma anatómica, chegou à Baixa sadina, chamando a atenção de todos que por ali passaram. Foi o caso de Glória Santos, de 74 anos.

“Que peça tão bonita. Eu nunca tive problemas de coração, mas o meu filho sim. Começou a sentir um cansaço esquisito quando subia as escadas. Mandei-o logo para o médico e foi-lhe diagnosticada insuficiência cardíaca”, relatou.

Ao longo do dia 12, três promotores distribuem folhetos informativos sobre esta patologia cardiovascular, com elevada taxa de mortalidade e morbilidade na população portuguesa, que se caracteriza pela dificuldade do coração de bombear o sangue eficazmente para satisfazer as necessidades de oxigénio e nutrientes do organismo.

Quais as causas e como é diagnosticada a insuficiência cardíaca são algumas das questões respondidas pela campanha, apadrinhada por Salvador Sobral, vencedor do Festival da Canção 2017, sob o mote “Sinais do coração. Não deixe a viagem acabar cedo de mais”.

Amanhã, a estrutura é colocada na praça central da Avenida Luísa Todi, junto do Mercado do Livramento. Às 11h00, decorre um momento institucional, com a presença do vereador com o pelouro da Saúde da Câmara Municipal de Setúbal, Ricardo Oliveira.

Lançada em janeiro, a campanha de literacia em saúde sobre insuficiência cardíaca já esteve em Lisboa, Braga, Póvoa do Varzim, Porto, Matosinhos, Viseu, Coimbra, Leiria e Évora. Depois de Setúbal, segue para Faro e Vilamoura, encerrando o Congresso Português de Cardiologia 2019.

De acordo a Sociedade Portuguesa de Cardiologia, os sintomas mais comuns que ajudam a reconhecer a insuficiência cardíaca são falta de ar, fadiga ou fraqueza, inchaço nas pernas, tornozelos e pés, batimentos cardíacos acelerados ou irregulares, inchaço no abdómen, falta de apetite e náuseas.