Parcialmente nublado
Pintura de túnel na zona da Figueirinha

O ecletismo dos desportos que podem ser praticados na Serra da Arrábida está em destaque numa intervenção, em desenvolvimento desde esta segunda-feira pelo street artist Smile, num túnel de acesso rodoviário à Praia da Figueirinha.


“Vive a Arrábida” dá nome ao novo projeto de embelezamento urbano dinamizado por Smile, nome artístico de Ivo Santos, no qual são representados alguns dos desportos que podem ser praticados na Serra da Arrábida, tais como BTT, caminhada, escalada, treking, caving e parapente.

O mural, realizado numa extensão de 131 metros, cujos esboços já estão visíveis nas paredes do túnel, “será de fácil leitura e com imagens de grande dimensão”, revela Smile sobre o trabalho em curso, pautado pelo recurso ao fotorrealismo, estilo que o caracteriza como artista.

“É uma linguagem minimalista misturada com o realismo”, vinca Ivo Santos que, neste trabalho artístico, destaca pormenores de prática desportiva em inspiração conseguida “através do Arrábida Sem Carros”, estratégia da Câmara Municipal de Setúbal para uma mobilidade segura e sustentável no acesso às praias.

O objetivo, reforça o jovem, passa “também por incentivar as pessoas a mudarem o estilo de vida e a virarem-se mais para dentro da serra, procurando-a” e desfrutando “de tudo aquilo que ela oferece”.

Sobre a paleta de cores, Smile adianta que “será sempre feita a ligação entre a serra e o mar”, pelo que nas paredes do túnel de acesso rodoviário à praia da Figueirinha “vão pautar tons de verde e de azul, como pano de fundo a desportos terrestres” praticados na Serra da Arrábida.

“Acredito que, depois, à passagem, vai ser facilmente identificado o que está retratado, tal como aconteceu no túnel anterior”, explica.

Ivo Santos, que é um dos mais reconhecidos artistas da nova geração em pintura de graffiti, street art e fotorrealismo, pintou recentemente um outro túnel rodoviário existente na zona da Praia da Figueirinha, neste caso um trabalho com uma ilustração representativa do fundo do mar.

“Sabia que ia ter impacte positivo na população, só não esperava que fosse de tamanha dimensão”, confessa Smile. Acrescentou que a responsabilidade neste novo trabalho é igual à que impõe em todos os projetos que executa. Contudo, admite que este “é um maior desafio pessoal”.

A conclusão da obra de pintura do mural “Vive a Arrábida” está prevista até ao final do mês de agosto