19° Céu limpo
Coronavírus Covid-19 | limpeza e desinfeção | 01 de abril

A higienização das ruas e dos espaços públicos de Setúbal prosseguiram no dia 1 por várias zonas da cidade, de forma a proporcionar maiores condições de proteção durante a pandemia de Covid-19.


No contexto, em que muita gente está em isolamento, dezenas de trabalhadores municipais de Higiene Urbana e de Espaços Verdes não podem ficar em casa. Nas últimas semanas, têm assegurado a continuidade diária da limpeza e desinfeção de todo o território de Setúbal.

Uma das primeiras paragens deste dia 1 foi o Montalvão.

Após vestirem as máscaras e outros equipamentos de proteção individual, como luvas e fatos impermeáveis, começam a percorrer, a pé, as ruas daquela zona da cidade, munidos de pulverizadores com uma solução à base de hipoclorito de sódio, dissolvido em água.

Concentrados, aplicam o desinfetante nas áreas e espaços públicos onde se verifica maior tráfego pedonal, nomeadamente em passeios, paragens de autocarro e estabelecimentos comerciais.

Embora seja uma tarefa habitual para estas equipas, a higienização do concelho foi redobrada num esforço da Câmara Municipal de Setúbal, de forma a travar a propagação da pandemia de Covid-19 e proteger a saúde pública de milhares de munícipes.

Além da zona do Montalvão, também no dia 1, quatro cantoneiros, com aplicadores de desinfetante à base de hipoclorito de sódio nas costas, foram destacados para a desinfeção das traseiras do Hospital São Bernardo, desde a Rua General Gomes Freire até à Avenida Dom João II.

Os trabalhos centraram-se ainda na Estação Ferroviária de Setúbal, na Praça do Brasil, e nas avenidas República da Guiné-Bissau e Independência das Colónias.

Neste mesmo dia, os funcionários das equipas da Higiene Urbana, reforçadas por pessoal dos Espaços Verdes, asseguraram ainda a desinfeção de uma extensa zona localizada noutra área da cidade, nas ruas António José Batista e João Maria Jales, incluindo a Praça de Touros Carlos Relvas.

Enquanto isso, uma outra brigada da autarquia foi assegurando a salubridade dos contentores de 800 litros, e respetivas tampas, instalados na extensa Estrada da Graça.

A campanha de higienização intensa em todas as freguesias do concelho decorre em permanência e insere-se na operação de larga escala desencadeada pelo município no âmbito do plano de contingência criado para lidar, no concelho, com a crise de saúde pública.