11° Muito nublado
12.ª Semana Internacional do IPS

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, congratulou-se no dia 5 com o que considerou passos significativos do Instituto Politécnico de Setúbal na captação de novos estudantes e na atração para a região de gerações altamente qualificadas.


“Com esta iniciativa, o nosso politécnico dá passos muito significativos na sua internacionalização, na captação de novos públicos estudantis e na atração para a nossa região de novas e capacitadas gerações de gente altamente qualificada”, sublinhou a autarca na 12.ª Semana Internacional do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS).

Na abertura do encontro, que decorre até dia 8 no auditório nobre da Escola de Ciências Empresariais do IPS, a autarca considerou que esta instituição de ensino superior “funciona bem, tem um corpo docente altamente preparado e, não menos importante, tem boas instalações e equipamentos”.

Maria das Dores Meira aproveitou ainda para dar conta da “reduzidíssima taxa de desemprego” verificada no concelho, que caiu para o nível mais baixo dos últimos 15 anos, o que atesta “o bom momento” que se vive.

Para a autarca, a diminuição do nível do desemprego em Setúbal deve-se à dinâmica económica do concelho, “induzida expressivamente por políticas expansivas de investimento municipal”, que recuperou da grave crise financeira conhecida no país em 2011.

O contributo do Instituto Politécnico de Setúbal para a construção de futuro ao serviço do país e de Setúbal foi igualmente destacado esta manhã por Maria das Dores Meira.

“O IPS tem sido parte fundamental da transformação por que tem passado a nossa cidade nos últimos anos, isto porque tem sabido encontrar os necessários mecanismos para crescer e ajudar a crescer a nossa região.”

Perante uma sala composta por estudantes, docentes, investigadores e parceiros de instituições nacionais e internacionais com quem o IPS mantém relações de cooperação, caso da Alemanha, Bélgica, Holanda, Ucrânia, Polónia, Finlândia, Dinamarca, Eslovénia, Uzbequistão e Brasil, aproveitou também para enaltecer as vantagens de ser estudante no IPS.

“Estudar no politécnico de Setúbal é reunir o que há de melhor. De um lado uma escola repleta de qualidades, do outro uma cidade bela, renovada, vibrante.”

Também o presidente do Instituto Politécnico de Setúbal, Pedro Dominguinhos, e a líder da Associação Académica, Inês Silva, aproveitaram a sessão de abertura para falar sobre a importância do evento para o aprofundamento das redes de cooperação entre esta instituição de ensino superior e perto de três dezenas de parceiros internacionais.

Após a abertura do encontro, seguiu-se uma sessão plenária com o vice-presidente do Instituto Politécnico de Bragança, Albano Alves, e o presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias, que partilharam os ganhos alcançados naquela região do interior do país como resultado de uma estratégia de atração, acolhimento e integração de estudantes estrangeiros.

Até dia 8, a 12.ª Semana Internacional, em edição especial comemorativa dos 40 anos do IPS, oferece dezenas de atividades distintas, de natureza académica, cultural e científica, nomeadamente reuniões de trabalho, aulas abertas e uma visita à Quinta da Bacalhôa, em Azeitão.

Mais informações podem ser obtidas através da página oficial do Instituto Politécnico de Setúbal.