23° Parcialmente nublado
Gonçalo M. Tavares

Dez grandes livros do século XX estão em análise por uma nova comunidade de leitores dinamizada e orientada pelo escritor Gonçalo M. Tavares, iniciativa cultural que arrancou no dia 22 na Casa d’Avenida.


“1984”, de George Orwell, foi a primeira obra literária em análise no mais recente evento cultural setubalense com organização de Maria João Frade, que se realiza na última terça-feira de cada mês, sempre às 21h00, na Casa d’Avenida, localizada na Avenida Luísa Todi.

Presença garantida em todas as sessões da comunidade de leitores, de periodicidade mensal, com exceção nos meses de agosto e de dezembro, é Gonçalo M. Tavares, escritor e professor universitário, que está à conversa com os participantes sobre cada uma das obras selecionadas.

Além de “1984”, de George Orwell, são analisados os livros “O Processo”, de Franz Kafka, “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, “O Estrangeiro”, de Albert Camus, “Ficções”, de Jorge Luís Borges, “À Espera no Centeio”, de Jerome David Salinger, e “A Guerra dos Mundos”, de Herbert George Wells.

“O Deserto dos Tártaros”, de Dino Buzzati, “À Espera de Godot”, de Samuel Beckett, e “Cem Anos de Solidão”, de Gabriel García Márquez, integram igualmente a lista de dez grandes obras literárias do século XX em análise e discussão pela comunidade de leitores da Casa d’Avenida.

A acompanhar a iniciativa, no café da Casa d’Avenida, está uma instalação/exposição criada por José Teófilo Duarte, com textos e imagens dos autores, que procura fazer uma breve abordagem às obras literárias em discussão nas sessões, com o custo de individual de vinte euros.

As inscrições podem ser feitas presencialmente na Casa d’Avenida ou através dos contactos 917 038 187 ou frade.mariajoao@gmail.com.