Associação Internacional das Cidades Educadoras

“A cidade educadora tem personalidade própria, integrada no país onde se situa é, por consequência, interdependente da do território do qual faz parte. É igualmente uma cidade que se relaciona com o seu meio envolvente, outros centros urbanos do seu território e cidades de outros países. O seu objetivo permanente será o de aprender, trocar, partilhar e, por consequência, enriquecer a vida dos seus habitantes.
A cidade educadora deve exercer e desenvolver esta função paralelamente às suas funções tradicionais (económica, social, política de prestação de serviços), tendo em vista a formação, promoção e o desenvolvimento de todos os seus habitantes. Deve ocupar-se prioritariamente com as crianças e jovens, mas com a vontade decidida de incorporar pessoas de todas as idades, numa formação ao longo da vida.” 

in Carta das Cidades Educadoras

Fundada em 1994, a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) é uma associação sem fins lucrativos, com sede em Barcelona, constituída por uma estrutura permanente de colaboração entre os governos comprometidos com a Carta das Cidades Educadoras.

Os municípios membros da AICE entendem o Direito à Cidade Educadora como uma extensão do direito fundamental de todas as pessoas à Educação e como um veículo para tornar realidade outros direitos fundamentais. O Direito à Educação é visto como promotor do desenvolvimento humano, social e económico das pessoas e das comunidades e como elemento indispensável para atingir um desenvolvimento sustentável, uma cidadania ativa e uma paz duradoura.

Atualmente fazem parte da associação internacional 37 países e 497 municípios de todo o mundo, tendo o município de Setúbal aderido em setembro de 2012.

A AICE está organizada em Portugal através da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras que integra 68 municípios aderentes à associação internacional.

  • Promover o cumprimento dos princípios da Carta das Cidades Educadoras
  • Impulsionar colaborações e ações concretas entre as cidades
  • Participar e cooperar ativamente em projetos e intercâmbios de experiências com grupos e instituições com interesses comuns
  • Aprofundar o discurso das Cidades Educadoras e promover a sua concretização
  • Influenciar no processo de tomada de decisões dos governos e das instituições internacionais em questões de interesse para as Cidades Educadoras;
  • Dialogar e colaborar com diferentes organismos nacionais e internacionais
  • Incorporar os “Princípios da Carta das Cidades Educadoras” nas organizações e nas práticas e políticas municipais
  • Fomentar e desenvolver o trabalho em rede (nacional e internacional), através de encontros anuais, debates, produção de informação/documentação com base na pesquisa e partilha de informação
  • Participar e divulgar das atividades da AICE
  • Disseminar os princípios inscritos na Carta das Cidades Educadoras
  • Apoiar a promoção e divulgação de novas práticas locais à escalas nacional e internacional
Destaca-se a seguinte atividade da Associação Internacional das Cidades Educadoras:
  • Banco internacional de documentos das cidades educadoras
  • Assembleias-gerais
  • Encontros da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
  • Grupos de trabalho temáticos
  • Congressos nacionais e internacionais
  • Seminários temáticos, encontros, conferências, ações de formação, partilha de experiências, boas práticas e trabalho em parceria
  • Boletins da Rede Territorial Portuguesa de Cidades Educadoras
  • Exposições itinerantes
  • Prémio Cidades Educadoras
Contactos
Divisão de Educação
diedu@mun-setubal.pt

Gabinete da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
lx.cidade.educadora@cm-lisboa.pt

Comité Executivo AICE
edcities@bcn.cat

Atividade e Rede Portuguesa das Cidades Educadoras

Assembleias-gerais da Associação Internacional das Cidades Educadoras

A Assembleia-geral é o principal órgão da AICE e integra todos os associados. Tem, entre outras, a função de substituir os membros do Comité Executivo, modificar os estatutos, aprovar o Plano de Ação e os Relatórios e Contas.

Encontros Territoriais da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras

A Rede Portuguesa das Cidades Educadoras realiza anualmente encontros descentralizados nos municípios que integram o organismo. Estes encontros constituem-se como momentos de partilha de boas práticas e de formação.

Encontros realizados desde a adesão do município de Setúbal à AICE:

  • Santo Tirso, 2018
  • Funchal, 2017
  • Guarda, 2017
  • Paredes, 2017
  • Ponta Delgada, 2016
  • Santarém, 2016
  • Gondomar, 2016
  • Almada, 2016
  • Miranda do Corvo, 2015
  • Odemira, 2014
  • Setúbal, 2014
  • Torres Vedras, 2013
  • Lisboa, 2013
  • Évora, 2012
  • Palmela, 2012
Congressos Nacionais da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras
  • Guarda 2017 I Congresso Nacional da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras – “Identicidades”
  • Almada 2015 I Congresso Nacional da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras – “Cidades participadas, Cidades Adaptadas(áveis)”
  • Braga 2013 I Congresso Nacional da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras – “A Cidade Educadora é a Cidade que inclui”
Congressos Internacionais

Congressos Internacionais realizados desde a adesão do município de Setúbal à AICE:

  • Cascais 2018 | XV Congresso Internacional de Cidades Educadoras
  • Rosário 2016 | XIV Congresso Internacional de Cidades Educadoras – Cidades – Território de Convivência
  • Barcelona 2014 | XIII Congresso Internacional de Cidades Educadoras – A Cidade Educadora é uma cidade que inclui
  • Changwon 2012 | XII Congresso Internacional de Cidades Educadoras – Ambiente e Educação Criativa
Dia Internacional das Cidade Educadoras

A Associação Internacional das Cidades Educadoras assinala no dia 30 de novembro o Dia Internacional das Cidades Educadoras com o objetivo de divulgar os seus princípios fundamentais, nomeadamente o direito à Educação e o direito a uma cidade educadora.

 

Documentos Relacionados