12° Parcialmente nublado

O mês de maio marca a retoma na utilização dos transportes públicos de passageiros na Área Metropolitana de Lisboa, com mais de 200 mil passes Navegante vendidos para circulação entre municípios.


Os números, ainda provisórios, segundo nota da AML – Área Metropolitana de Lisboa, dizem respeito à análise dos carregamentos feitos entre os dias 22 de abril e 22 de maio.

Foram vendidos mais de 218 mil passes Navegante em maio, “o que corresponde a 30 por cento dos que foram adquiridos, em média, durante o primeiro trimestre do ano”, revela a AML.

O maior aumento percentual, segundo o comunicado, foi registado nos passes Navegante municipais comprados para circulação no mês de maio.

“Foram carregados cerca de 23 mil passes Navegante Lisboa, o que significa um aumento de 481 por cento relativamente a abril, e sete mil Navegante de outros municípios, o que corresponde a um aumento de 223 por cento”, refere a AML.

Os dados das vendas do Navegante Metropolitano revelam que a retoma na utilização deste meio de transporte registou um aumento de 216 por cento face a abril, com mais de 150 mil passes vendidos, e de 37 mil passes Navegante +65, correspondente a um aumento de 171 por cento das vendas.

A AML acrescenta ainda que os dados apurados no primeiro trimestre de 2020 “mantinham a mesma tendência de crescimento dos trimestres anteriores”, no comparativo aos períodos homólogos de 2019.

No que à quebra das vendas diz respeito, em abril, como consequência do estado de emergência nacional e a obrigatoriedade de confinamento, as vendas de passes Navegante sofreram diminuições superiores a 90 por cento, com 67.700 passes vendidos.

A Área Metropolitana de Lisboa, no acompanhamento da retoma significativa na utilização do serviço público de transporte de passageiros, solicitou “a todos os operadores dos quais é autoridade que procedessem à atualização dos respetivos planos de contingência, em conformidade com as medidas identificadas pela Direção-Geral de Saúde.”

Essa atualização inclui a revisão dos planos de higienização e limpeza e o reforço da concretização das medidas de proteção dos trabalhadores, designadamente motoristas, e passageiros.

Empenhada na promoção e incentivo à utilização de transportes públicos de passageiros, a AML tem em curso, até ao final de junho, a campanha “Seguramente, vá de transportes”, de incentivo à utilização de transportes públicos de passageiros.

As medidas de segurança, como a utilização de máscara, limites de lotação dos veículos, compra antecipada de títulos e limpeza, higienização e arejamento dos veículos são o foco central desta campanha.

A AML, em articulação com os 18 municípios que a compõem, nos quais Setúbal se insere, juntamente com operadores e Governo, “continua a avançar com as medidas que respondam às necessidades de mobilidade da população, de forma fiável e em segurança”.