Nublado
Museu de Setúbal/Convento de Jesus | Galeria

A Câmara Municipal de Setúbal viu aprovada uma candidatura a apoios comunitários para execução de um projeto que cria condições para pessoas com diversos tipos de deficiência poderem usufruir em pleno de equipamentos culturais como museus e bibliotecas.


“Setúbal – Cultura sem Barreiras” é a designação da mais recente candidatura municipal aprovada no âmbito do POR Lisboa 2020 – Programa Operacional Regional Lisboa 2020 e enquadrada no eixo prioritário “Promover a inclusão social e combater a pobreza e a discriminação”.

A operação, com um programa de ações em quatro áreas distintas, abrangendo diversos tipos de intervenção em matéria de cultura inclusiva, resulta num investimento global no valor de 515 mil e 437,79 euros, comparticipado com uma taxa de 50 por cento pelo Fundo Social Europeu.

Na área “Promoção de práticas inclusivas nos equipamentos culturais” é proposta a criação de rotas temáticas pelo património e exposições de longa duração com realidade virtual aumentada, assim como a aquisição de serviços de conceção de materiais táteis promocionais e informativos e conteúdos acessíveis para equipamentos culturais.

Ainda englobado neste eixo, a Câmara Municipal de Setúbal tem prevista, entre outras, a criação de uma página de internet e de uma aplicação acessíveis para a rede de museus de Setúbal, assim como a promoção da leitura inclusiva partilhada em equipamentos culturais.

Já na área “Cultura Inclusiva (atividades de apoio à inclusão social)” estão contempladas ações de teatro terapia e de dança inclusiva, a par de visitas guiadas no âmbito do projeto municipal Memórias, Identidades e Patrimónios e da dinamização da residência artística Madura – Intervenção Cultural e Artística na Comunidade.

Outra das áreas de intervenção deste novo projeto centra atenções em “Estudos e Capacitação (Encontros, Seminários e Workshops)”, em que se enquadram ações, entre outras, como o simpósio Música, Saúde e Bem-Estar, do Festival de Música de Setúbal, e o seminário anual da Semana da Deficiência.

O “Setúbal – Cultura sem Barreiras” conta ainda com uma outra área temática, designada de “Plano de Comunicação Setúbal – Cultura sem Barreiras”, que se traduz no desenvolvimento de um conjunto alargado de campanhas de sensibilização e de informação para a comunidade.

Estas ações do “Setúbal – Cultura Sem Barreiras” procuram estimular competências de pessoas com deficiência física ou mental, através de práticas artísticas e inclusivas em equipamentos culturais, permitindo a interação e o aumento participativo no contexto sociocultural, bem como o desenvolvimento de projetos artísticos que tenham como objetivo a promoção de saúde mental.